Sinta-se em casa!

Fale conosco através do email suelenajara@hotmail.com ou matrizaparecida@hotmail.com
Escreva para a Suelen, da PASCOM, ou para o frei.
Você pode dar opiniões sobre o blog e sobre temas que gostaria de saber. Sinta-se em casa!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

A Relíquia dos Mártires debaixo do Altar

No dia 27 de Dezembro de 2008, encerrando com "chave de ouro" o ano em que nossa Paróquia jubilava seus 50 de existência, foi feita a Missa da Dedicação da Igreja Matriz de Nossa Senhora Aparecida. Presidida pelo bispo diocesano sua Exma. Revma. Dom Edmilson Amador Caetano O.Cist.

Após a homilia, o creio e a ladainha, houve a deposição das relíquias dos mártires na urna marmórea debaixo do Altar. Conseguidas através da bondade de Frei Lucas de Rosa (in memoriam) postulador geral para a causa dos santos, da Ordem Franciscana (OFM), trata-se de pequenos pedaços de ossos (ex ossibus) de 7 freis franciscanos beatificados, que sofreram o martírio no ano de 1936, durante a guerra civil espanhola, quando as forças comunistas perseguiram, torturaram e mataram os representantes da Igreja que puderam pegar (clero, religiosos e religiosas).








Esses são os nomes dos freis franciscanos de quem temos as relíquias sob o Altar:
Frei Felix Echevarria Gorostiaga (43 anos),
Frei José Mariano Azurmendí (66 anos),
Frei Francisco Jesus Carlés Gonsalez (42 anos),
Frei Luis Echevarria Gorostiaga (41 anos),
Frei Simon Miguel Rodriguez (23 anos),
Frei Miguel Zarragua Iturrizaga (66 anos) e
Frei Antonio Saez de Ibarra Lopez (22 anos).



O Altar é a mesa do Senhor. Esta é a sua maior dignidade. Na antiguidade era costume dos cristãos erigir o Altar sobre os restos mortais dos mártires. E tinham consciência de que não são os corpos dos mártires que honram o Altar, mas o Altar é que torna nobre o sepulcro dos mártires. Por isso, para honrar seus corpos e dos outros santos, e também para significar que o sacrifício da Cabeça se perpetua no sacrifício dos membros, se recomenda erigir os Altares sobre o sepulcro destes ou encerrar suas relíquias sob os mesmos.

Um comentário:

  1. Foram tarde!

    vale lembrar quem estava do lado dos nacionalistas na Guerra Civil, né? o amiguinho do papa, Adolf Hitler...

    Viva la Republica Española!

    ResponderExcluir